sexta-feira, 28 de junho de 2013

Nomeação e a convocação de 876 novos concursados para técnicos administrativos de níveis fundamental, médio e superior aprovados no Concurso Publico nº01/2012

A Prefeitura de Belém publicou, no Diário Oficial do Município de nº 12361 do dia 27\06\2013,a nomeação e a convocação de 876 novos concursados para técnicos administrativos de níveis fundamental, médio e superior aprovados no Concurso Publico nº01/2012 que teve as provas realizadas em janeiro desse ano.
As datas e locais de habilitação e inspeção de saúde física e mentaljá estão disponíveis para os novos concursados.

Link de Acesso ao Edital:



1ª FASE: PROCEDIMENTO DE HABILITAÇÃO

Período: de 01 a 12/07/2013
Horário: 8h 30 às 16h
Local: Avenida Governador José Malcher, 1291 – Nazaré, entre Travessa 14 de Março e Travessa Generalíssimo Deodoro.

O(a) candidato(a) deverá estar munido(a) da seguinte documentação:

VIA ORIGINAL do Comprovante de Escolaridade, conforme abaixo discrimi­nado:

  • Para as categorias de Nível Médio: Certificado de Conclusão do Ensino Mé­dio,; e
  • Para as categorias de Nível Superior: Diploma do Curso de Graduação, rela­tivo ao cargo para o qual concorreu.
01 (UMA) CÓPIA AUTENTICADA dos documentos abaixo listados:
  • Carteira de Identidade;
  • Cadastro de Pessoa Física – CPF;
  • Título de Eleitor e Comprovante de haver votado nas últimas eleições (1° e 2° turnos). Caso no possua os comprovantes, deverá apresentar a justificativa;
  • PIS/PASEP, caso possua;
  • Certificado de Reservista (Sexo Masculino);
  • Carteira de Habilitação Nacional Categoria D (para o cargo de Motorista)
  • Certificado de Conclusão do Ensino Médio (para os cargos de Assistente de Administração –NM.03 e Auxiliar Técnico em Computação – NM.04);
  • Diploma do Curso de Graduação relativo ao cargo para o qual concorreu (para os cargos de categoria de Nível Superior);
  • Comprovante de Residência Atualizado; e
  • 01 (uma) fotografia 3x4 recente, devendo ser colocado o nome do(a) concursado(a) no verso.
Certidão de Antecedentes Criminais, que pode ser capturado na internet;

Declaração de que exerce ou de que não exerce cargo ou emprego caracterizante de acumulação proibida (original, conforme Declaração - Modelo I, constante no Ane­xo II do presente Edital);

Declaração de não haver sofrido sanção impeditiva do exercício de cargo pú­blico (original, conforme Declaração - Modelo II, constante no Anexo II do presente Edital);

Declaração de bens e valores que constituem seu patrimônio (conforme Declara­ção - Modelo III, constante no Anexo II do presente Edital, a qual deverá ser emitida em frente e verso, ou seja, em uma única página.

A Declaração de bens e valores deverá ser preenchida a punho, não sendo aceita em hipótese nehuma declaração diferente desta formatação.

Obs: Os modelos das declarações acima citadas estarão disponíveis no site: www.belem.pa.go.br.

Somente será encaminhado(a) à Inspeção de Saúde Física e Mental o(a) candidato(a) que apresentar OBRIGATORIAMENTE TODA A DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA na 1ª Fase da Habilitação do presente Edital.


2ª FASE: INSPEÇÃO DE SAÚDE FÍSICA E MENTAL
Período: 08 a 19/07/2013

Horário: 08:00h às 11:30h e 14:00h às 17:30h, devendo os(as) concursados(as) se fazerem presentes com pelo menos 01 (uma) hora de antecedência ao horário do início do atendimento, pois o atendimento será por ordem de chegada, devendo ser atendidas em média 100 (cem) pessoas por dia.

Local: Centro de Referência em Inclusão Educacional/CRIE, sito à Avenida Gen­til Bittencourt, 694, entre Travessa Rui Barbosa e Travessa Quintino Bocaiúva (em frente ao Colégio Moderno)

Os(as) concursados(as) deverão estar munidos(as) dos EXAMES ABAIXO LIS­TADOS, QUE SERÃO POR CONTA DO CANDIDATO:

1 - Rotina: Hemograma, Glicemia, Urina I e Hemoglobina Glicada;

2 - Raio X Dorso Lombar;

3 - Raio X de Tórax PA e Perfil;

4 - Laudo Psiquiátrico;

5 - PSA, para candidatos do sexo masculino acima de 40 anos;

6 - Eletrocardiograma com Laudo para candidatos de ambos os sexos, com idade acima de 40  
anos;

7 - Laudo Oftalmológico;

8 - Audiometria Tonal com Laudo; (com exceção do cargo de AGENTE DE SER­VIÇOS GERAIS
AUX.01);

9 - Eletroencefalograma; e

10 - Para as gestantes, última Ultrassonografia (com laudo do Médico Assistente)

PARA OS PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS (PNE):

1 – Laudo Médico atual especificando o tipo de deficiência;

2 – Audiometria tonal bilateral, para o portador de Deficiência Auditiva; e

3 – Laudo Oftalmológico com acuidade visual com e sem correção, para o porta­dor de Deficiência
 Visual.

Somente serão aceitos os exames que tenham sido realizados dentro do prazo de até 90
(noventa) dias, a contar da data da publicação do presente Edital.



ANEXO I

DECLARAÇÃO

(MODELO I)

Eu, nome completo do (a) concursado (a), declaro para os devidos fins, junto à Secretaria
Municipal de Educação, que (mantenho ou não mantenho) vínculo empre­gatício nas esferas de
Governos Municipal, Estadual e Federal.

Belém-PA, de de 2013.

______________________________________________

Nome completo do(a) concursado(a)

N° CPF

OBS: NO CASO DE O(A) CONCURSADO(A) MANTER VÍNCULO EMPRE­GATÍCIO, INFORMAR A ESFERA DE GOVERNO, CARGO/FUNÇÃO/EMPRE­GO, ÓRGÃO/INSTITUIÇÃO VINCULADO(A) E HORÁRIO DE TRABALHO.




 
ANEXO II
Eu, nome completo do (a) concursado (a), declaro para os devidos fins, junto à Secretaria Municipal de Educação, não ter sofrido qualquer sanção impeditiva do exercício de cargo público.

Belém-PA, de de 2013.
______________________________________________
Nome completo do(a) concursado(a)
N° CPF


Anexo III

1-A presente declaração deve ser preenchida em 01 (uma) via, a assinatura nela aposta reconhecida em cartório público e, após, deve ser providenciada 02 (duas) có­pias simples.
2-A última via será devolvida ao declarante, como prova de entrega, pelo DERH/SEMEC.
3- Se os espaços não forem suficientes prosseguir em folhas separadas.

4-O original é encaminhado pelo DERH/SEMECao Tribunal de Contas dos Mu­nicípios do Estado do Pará e a 2ª via arquivada no DERH/SEMEC, em pasta funcio­nal.

CERTIFICO QUE RECEBI O ORIGINAL E UMA CÓPIA DA PRESENTE DE­CLARAÇÃO, PARA FINS DE DIREITO.
Em, __________/__________/__________

Funcionário(a) do DERH/ SEMEC


Em caso de não cumprimento do exigido no presente Edital, o ato de nomeação do(a) concursado(a) será tornado sem efeito.

Alunos ribeirinhos exercem cidadania através de canoagem

 
Uma lição de cidadania. Assim pode ser descrita a atuação dos alunos ribeirinhos das unidades pedagógicas Maria Clemildes e Mari-Mari, das comunidades Caruarú e Castanha do Mari-Mari, respectivamente, que participaram da “V Canoagem pela Paz”, no rio Pratiquara, em Mosqueiro.
A canoagem, realizada pela Secretaria Municipal de Educação através da coordenadoria de Educação nas Ilhas, ocorreu na manhã desta quinta-feira,27, e reuniu aproximadamente 100 pessoas das comunidades.
A canoagem é a conclusão dos trabalhos desenvolvidos ao longo do semestre em sala de aula, que trouxe como tema para a edição de 2013 “Preservando o meio ambiente e combatendo a pirataria nos rios”. De acordo com a diretora da UP Mari-Mari, Márcia Teixeira, o evento serve também para combater a poluição nos rios, o desmatamento e difundir a preservação do meio ambiente. “Temos que ter a conscientização e passar aos nossos alunos que devemos manter a natureza limpa pra que nunca nos falte nada”, afirmou a diretora.
A programação iniciou com a canoagem até a UP Maria Clemildes. Na UP os alunos fizeram ainda uma apresentação cultural expondo a cultura local através de danças. Houve também vendas de comidas típicas e um bingo que fizeram parte dos festejos juninos da comunidade.
Na comunidade era visível a alegria das crianças com a atividade, o que também se tornou uma boa opção de lazer, segundo as mães que estavam presentes. “Uma atividade como essa é importante porque muda a rotina na nossa comunidade. É um aprendizado e um evento que já faz parte da nossa cultura”, relatou a mãe de aluno e moradora da ilha, Isaura Ferreira.
Para a coordenadora das ilhas, Iraneide Holanda, o evento que já faz parte das atividades da ilha é uma forma de confraternização da escola agregando também as famílias dos alunos. “É um encantamento muito grande poder trabalhar com alunos ribeirinhos e melhor ainda poder proporcionar uma atividade extra sala como essa. Temos que lutar pelos nossos rios e pela preservação do mangue”, pontuou.
Instrutores do Ecomuseu também estavam presentes na programação e apresentaram uma palestra sobre a importância dos patrimônios, material e imaterial, presentes no cotidiano da vida dos ribeirinhos, como as casas que constroem, os materiais que utilizam para as pescas, entre outros. Os moradores puderam ouvir também um estudo feito pela equipe do Eco museu que realizou um estudo sobre as canoas produzidas na comunidade, como suas formas e pintura.
 
Texto: Aline Saavedra – Acom Semec
Fotos: Aline Saavedra – Acom Semec
Edição: Lene Tavares – NID Comus

IV Conferência Municipal de Educação abre debates sobre melhorias para o setor

Começou nesta quinta-feira, 27, e vai até amanhã, 28, a IV Conferência Municipal de Educação no auditório David Mufarrej, na Universidade da Amazônia – Unama.
A IV Conferência Municipal de Educação faz parte do movimento nacional de preparação para a II Conferência Nacional de Educação – Conae, em 2014, para a construção de um Sistema Nacional de Educação, que assegure de forma clara a participação dos entes federados e dos setores da sociedade civil, na oferta de uma Educação com qualidade social para todos. O evento vai servir também para a consolidação do Novo Plano Nacional de Educação (PNE).
 
“O poder público e a sociedade civil precisam caminhar juntos para o bom desenvolvimento do município. Assim, a realização da Conferência Municipal da Educação é de suma importância, porque é um momento de discussão, debate e criação de propostas em prol de políticas públicas para educação”,disse a secretária de Educação do municipio de Belém,Nelly Cecília Rocha.
 
Na conferência serão analisados os sete eixos temáticos elaborados pelo Fórum Nacional de Educação no Documento-Referência, visando o estabelecimento, consolidação e avanço das políticas públicas para a educação nacional. Eixo I – O Plano Nacional de Educação e o Sistema Nacional de Educação: organização e regulação; Eixo II – Educação e Diversidade: justiça social, inclusão e direitos humanos; Eixo III – Educação, Trabalho e Desenvolvimento Sustentável: cultura, ciência, tecnologia, saúde, meio ambiente; Eixo IV – Qualidade da Educação: democratização do acesso, permanência, avaliação, condições de participação e aprendizagem; Eixo V – Gestão Democrática, Participação Popular e Controle Social; Eixo VI – Valorização dos Profissionais da Educação: formação, remuneração, carreira e condições de trabalho; e o Eixo VII – Financiamento da Educação: gestão, transparência e controle social dos recursos.
Durante a abertura do evento, a PhD em Educação, Prof. Olgaíses Cabral Maués, destacou a importância da educação: “para se pensar no desenvolvimento de uma cidade, é indispensável investir, de forma significativa e racional, em educação e em todos os profissionais da área. Por isso, é necessário dedicar todos os recursos possíveis, para o aperfeiçoamento de alunos e professores”, afirmou.
 
As contribuições desta conferência resultarão em objeto de deliberação, garantindo as diretrizes da formulação e materialização de políticas de Estado, sobretudo na construção de um PNE (Plano Nacional de Educação) e de suas políticas, programas e ações, incluindo os planos estaduais, distrital e municipais de educação, e fornecendo as bases para a criação e consolidação do Sistema Nacional de Educação.
 


Texto: Jolse Quinto – Acom Semec
Fotos: Rosinha Costa - Acom Semec
Edição: Lene Tavares – NID Comus

terça-feira, 25 de junho de 2013

Liceu Escola de Artes e ofícios “Mestre Raimundo Cardoso” realizará Arrastão Cultural

Samba enredo do arrastão cultural

O Liceu Escola de Artes e ofícios “Mestre Raimundo Cardoso”, em Icoaraci irá realizar na próxima quinta-feira, 28, o seu Arrastão Cultural. O arrastão é o tradicional cortejo que os alunos do Liceu Escola realizam pelas ruas de Icoaraci, sempre no mês de junho, fechando o primeiro semestre do ano letivo. Em 2013, o evento assume a forma de Escola de Samba, organizando-se em alas e alegorias (carroças alegóricas), e trazendo como enredo o tema gerador de 2013: “Liceu Escola mergulhando na diversidade sociocultural e geográfica de Belém”, fundamentado nos projetos interdisciplinares e nos planos de ensino que os professores vêm desenvolvendo com os alunos. O evento tem início programado para as 16 horas com previsão pra terminar às 18hs. A saída será do próprio Liceu, percorrerá algumas ruas do distrito e retornará a escola.

A previsão é que mais de mil alunos participem do cortejo divididos em 14 alas, representando os 14 projetos, um em cada uma, desenvolvidos na escola, fora as outras alas especiais. O projeto tem relevante importância para a comunidade por proporcionar a integração entre as ações desenvolvidas pelos professores e alunos aos pais e a toda a comunidade ao redor. 

O enredo estabelece um diálogo entre a capital paraense e seus Distritos, especialmente Icoaraci, tomando como fio condutor o estudo que vem sendo desenvolvido na escola sobre autores e manifestações culturais paraenses. Portanto, as obras de Bruno de Menezes, Dalcídio Jurandir, Eneida de Moraes, Ruy Paranatinga Barata e Waldemar Henrique; as manifestações culturais: cordões de pássaros, cordões de bichos, bois-bumbás, festejos juninos e a cerâmica; a história e a geografia de Icoaraci numa perspectiva sociocultural e econômica encontram-se articulados para mostrar no desfile como e o que o Liceu vem realizando em sua missão de educar.
  
O que é o Liceu?

O Liceu Escola de Artes e Ofícios Mestre Raimundo Cardoso foi criado em 1996, no Distrito de Icoaraci, mais precisamente o Paracuri, cujos processos educacionais baseiam-se na visão sistêmica e se voltam ao desenvolvimento sustentável, sem perder de vista as articulações com a cultura local, representada especialmente pelo seu Patrono. O Liceu comemora seu aniversário no dia 19 de março, data considerada um marco para a comunidade local, pois foi quando a escola começou a funcionar, antes de sua inauguração oficial que só aconteceu em dezembro de 1996.

O nome da escola é uma homenagem ao Mestre Raimundo Saraiva Cardoso, nascido em Vigia (PA) no dia 29 de julho de 1930 e falecido em Belém (PA) em 2007, herdeiro das técnicas da arte ceramista de sua mãe, descendente direta dos Aruã, último povo marajoara. 

Autodidata, Mestre Cardoso interessou-se pela cerâmica indígena da Amazônia, pesquisou em bibliotecas e no Museu Paraense Emílio Goeldi teve a oportunidade de estudar a cerâmica arqueológica diretamente na fonte. Em busca de aprimoramento de técnicas, adentrou a floresta para coletar sementes, raízes e pigmentos, com os quais experimentou a elaboração de corantes e antiplásticos, que usou com maestria em sua produção. Suas réplicas e recriações das cerâmicas: marajoara e tapajônica, de perfeição e beleza incomparáveis, ganharam o mundo, tornando-o reconhecido nacional e internacionalmente. 

Veja o enredo
SAMBA-ENREDO

No chão de Icoaraci ergueu-se o Liceu
Imponente escola, templo do saber.
Hoje eu sei ler, eu já sei contar
Eneida, Bruno, Dalcídio e Waldemar.

Com a benção de Mãe Preta
Quero abrir minha aruanda
Revoando a passarada
Tem Tem-Tem da Dona Zula
Tem até Leão Dourado
Nos Cordões da Bicharada.
.
Nas águas do Paracuri
Eu vou remar, eu vou pescar,
Nas ruas do Paracuri
Eu vou dançar com o Vaiangá.
Esse rio é minha rua
Paranatinga já cantou
Com o seu Uirapuru
Waldemar me encantou

Dos campos de Cachoeira
Poesia de Dalcídio Jurandir
Curumim vai pelo mundo semear
Caroço de tucumã, poesia é chuva boa
Chuva boa de encantar.

Na feira da Oito de Maio eu vou comprar
Peixe, açaí, tapioca e tucupi.
Deus, do barro fez o homem
E o homem seu alguidar
Vila Sorriso, berço da cerâmica,
Meu São João vou festejar.

Letra: Janice Lima
Música: Xaxá
 

IV CONFERENCIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO


segunda-feira, 24 de junho de 2013

Evento discute inserção da música no currículo escolar



A Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação promoveu na manhã desta segunda-feira, 24, no auditório da UEPA, uma audiência pública reunindo instituições públicas e privadas, professores, estudantes e especialistas em música. As audiências foram a terceira que já aconteceu pelo Brasil, com o objetivo de reunir dados e características de cada região, para tornar obrigatório o ensino da música em todas as instituições de ensino do país, de acordo com a Lei 11.769.

No propósito de elaborar um documento final que institucionalize as regras nacionais, a Câmara constituiu uma Comissão que realiza estudos sobre o ensino da música em cada região brasileira. Em dezembro do ano passado, já houve uma primeira audiência no Rio de Janeiro. Em junho, foi a vez de Natal, onde se discutiu o ensino musical no Nordeste. Depois dessa audiência em Belém, será a vez de Brasília e Londrina. “Queremos criar diretrizes respeitando as diversidades regionais e a partir daí, criar um documento final, unificando a lei para efetivar finalmente o ensino da música obrigatório nas escolas brasileiras” disse o representante estadual da ABEM- Associação Brasileira de Estudos Musicais, Ruy Henderson.

Escola Municipal Manuela de Freitas vai funcionar em novo espaço

Professores, diretor, representantes do Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Estado do Pará (Sintepp) e alunos da Escola Municipal Manoela de Freitas, do bairro do Guamá, foram recebidos na manhã desta sexta-feira,21, pela secretária de Educação de Belém,Nelly Cecília Rocha.

Leia Mais: http://ww3.belem.pa.gov.br/www/?p=9239
Professores, diretor, representantes do Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Estado do Pará (Sintepp) e alunos da Escola Municipal Manoela de Freitas, do bairro do Guamá, foram recebidos na manhã desta sexta-feira,21, pela secretária de Educação de Belém,Nelly Cecília Rocha.

Leia Mais: http://ww3.belem.pa.gov.br/www/?p=9239
Professores, diretor, representantes do Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Estado do Pará (Sintepp) e alunos da Escola Municipal Manuela de Freitas, do bairro do Guamá, foram recebidos na manhã desta sexta-feira,21, pela secretária de Educação de Belém,Nelly Cecília Rocha.

A comunidade escolar está tendo suas aulas ministradas em um espaço cedido no prédio anexo da igreja dos Capuchinhos desde o início deste ano, quando começaram as obras de reforma do prédio em que funciona a Escola Manoela de Freitas.

A reunião ocorreu no gabinete da Secretária de Educação que anunciou um prédio da Funpapa, localizado na Avenida José Bonifácio entre as avenidas Magalhães Barata e Gentil Bittencourt, como o novo abrigo temporário da escola. O prédio provisório tem capacidade para receber 703 alunos divididos em 14 salas de aulas, além dos espaços para setores administrativos e uma área para a prática de educação física.

A parceria só foi possível através de diálogos entre a Semec, a Funpapa e o prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, que garantiu em reunião com os coordenadores, que tomaria providências emergenciais para que os estudantes não ficassem sem aulas durante as obras de construção do prédio definitivo da escola.

Professores, diretor, representantes do Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Estado do Pará (Sintepp) e alunos da Escola Municipal Manoela de Freitas, do bairro do Guamá, foram recebidos na manhã desta sexta-feira,21, pela secretária de Educação de Belém,Nelly Cecília Rocha.

Texto: Aline Saavedra – Ascom Semec
Edição: Lene Tavares – NID Comus